Ataque cibernético atrasa resultados RT-PCR para Covid-19 em Capivari de Baixo

infosul
Foto: reprodução

Em virtude de um ataque cibernético no sistema DataSUS, do Ministério da Saúde, dezenas de laudos RT-PCR para Covid-19 estão em atraso. Os resultados, que eram disponibilizados em até 72 horas, agora, não há previsão de retorno. O primeiro município da Amurel a comunicar o ataque foi Capivari de Baixo.

Segundo nota divulgada pelo município na tarde desta sexta-feira, 20, o Laboratório Central de Santa Catarina - Lacen, tem enviado amostras para outros estados, acarretando na demanda de mais tempo para a liberação dos laudos.  Por essa razão, muitos pacientes já ultrapassaram o período de isolamento sem que recebessem o resultado do exame.

Desta forma, o recomendado é que os pacientes respeitem a orientação médica e o isolamento domiciliar pelo período determinado. Nos casos em que o isolamento encerra e o resultado ainda tiver sido liberado, os contatos domiciliares precisam estender o isolamento por mais quatro dias, ou seja, passando de 10 para 14 dias de isolamento. É importante salientar que o período de incubação do vírus é de dois a 14 dias.

Quando o resultado for liberado pelo Lacen, a equipe de monitoramento e rastreamento de casos da Covid da Vigilância Epidemiológica entrará em contato para repassar o resultado, e se resultado for positivo, fará o agendamento dos contatos para exames.

Atualização:

Às 16h50 o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, também confirmou o atraso nos exames da Cidade Azul em razão dos mesmos problemas.

× Fale com o Infosul