Campanha arrecada apostilas que serão doadas a estudantes que vão fazer a prova do Enem

infosul

Atenta às informações do adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a tubaronense Ana Julia Weber, 18, decidiu colaborar com os estudantes menos favorecidos em tempos de pandemia provocada pelo novo coronavírus. Para isso, ela resolveu mobilizar as redes sociais em busca de apostilas usadas – mas em boas condições – que pudessem ser reutilizadas.

Segundo a jovem, a ideia surgiu quando ela percebeu que o ritmo de estudos – preparativos para o Enem – não permaneceu o mesmo com o isolamento social. O primeiro desafio surgiu quando não foi possível encontrar um ponto fixo para receber as doações. Determinada, Julia abriu as portas de sua própria casa para receber os materiais.

Com apenas 18 anos, Ana Julia almeja uma vaga na Universidade Federal de Santa Catarina para cursar medicina. Ela se formou em escola particular, mas reconhece que a desigualdade social influencia muito no Enem, considerada por muitos uma prova decisiva.

“Meu principal objetivo é diminuir a desigualdade social existente em nosso país, que fica tão evidente no ramo educacional e ainda foi agravada pelo quadro de pandemia. Desejo fazer isso mostrando a importância do Enem para entrar em uma faculdade”, comenta à reportagem do Portal Infosul.

Não fosse a iniciativa, a futura médica acredita que não basta somente colaborar com materiais, mas também ajudar com incentivos. Por essa razão, elaborou uma cartilha com orientações de estudos e organização do tempo. “Durante toda a cartilha eu me disponibilizo para conversar com esses estudantes e mostrar as várias oportunidades que a prova oferece. Além, claro, de dar algumas dicas de como conseguir se organizar e estudar em casa”, explica.

A campanha deu tão certo que foram mais 5 mil apostilas arrecadadas, o suficiente para a montagem de aproximadamente 380 kits de estudo, onde cada kit é composto por algumas apostilas, as quais Ana Julia separou da melhor maneira possível para abordar todas as áreas do conhecimento. Além disso, os kits também contam com a cartilha de autoria própria e materiais de estudo comum, fornecidos pela Papelaria Moranguinho.

Agora, a campanha segue para o seu objetivo final. Nesta terça-feira, 02, Weber e demais colaboradores, entre eles professores, que decidiram apoiar a causa, iniciaram a distribuição de todo o material conquistado. Quase 400 alunos do município de Tubarão vão receber os kits.

Os interessados em colaborar com a ação, embora não possam mais fazer a doação de apostilas, podem repassar o link da cartilha elaborada. Ela está disponível através deste link. Outras dicas também podem ser vistas através do instagram @ana.resume, perfil administrado por Ana Julia.

× Fale com o Infosul