Empreendedorismo: jovens apostam em automatização de casas

infosul
Foto: reprodução

Dois jovens tubaronenses resolveram empreender explorando o que há de mais inovador no mercado: a tecnologia. Os sócios Ian Martins, 27, técnico em edificações e estudante de Engenharia Civil, e Vitor Cardoso, 23, profissional na área de Automação Residencial e acadêmico de Engenharia Elétrica, afirmam oferecer o mercado de casas inteligentes com baixo custo para a região.

Segundo Vitor, a Casa Inteligente não é uma grande novidade no mercado nacional, mas algo que enche os olhos na região. “Quando se pensa em casa inteligente, pensa-se em algo caro, complexo, e que precisa de muito processamento. Mas a nossa tecnologia é diferente. Oferecemos um serviço de qualidade, preço acessível e o melhor: não interfere a rede elétrica residencial já instalada", diz o especialista.

O Pacote Standart, oferecido pela MCTech, promete ser a porta de entrada para a automação do lar, e, garante, por exemplo, o controle de eletrodomésticos como televisores, ares-condicionados e home theater, pelo simples comando de voz ou smartphone. Lâmpadas e tomadas também podem ser programadas.

São dezenas de comandos configurados, que podem ser programados para ligar ou desligar um televisor, ou até mesmo preparar o cômodo para assistir um filme, programando horário para lembrete, apagando as luzes, ligando o ar-condicionado e a televisão.

A empresa também promete segurança inteligente. Dentre as configurações, pode-se pedir para a “Alexa” – robô – trancar e/ou destrancar uma porta. E, caso você tenha pressa, basta comandar. Na hora das compras, ela pode adicionar o produto no seu carrinho online.

Para ter a inteligência residencial é necessário um investimento de R$ 1.190,00, podendo ser parcelado. O valor já inclui todos os equipamentos necessários e instalação. A empresa oferece seis meses de garantia total. Aos interessados, basta entrar em contato através do instagram @mctech.br.

× Fale com o Infosul