Tubarão sofre dura derrota para o Joinville na Série D

Patrícia Amorim
Foto: Vitor Forcellini | JEC

Por Caio Maximiano

Jogando fora de casa, o Tubarão foi goleado pelo Joinville por 6 a 1 na Arena Joinville e sofreu o seu quinto revés em seis jogos na Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe até saiu na frente do placar com um belo gol de Gutierrez, mas logo após sofreu três gols em 10 minutos, todos marcados por Alison. O atacante ainda fez outro no segundo tempo. Davi Lopes e Lucas de Sá fecharam o placar. É a 12ª derrota do Tubarão em 17 jogos na temporada. O próximo compromisso do Peixe é neste domingo, 18, às 16 horas, contra o Pelotas, no Estádio Domingos Silveira Gonzalez. O confronto fecha o primeiro turno da competição nacional.

O JOGO

O Tubarão teve um bom início de jogo e dominou os primeiros 15 minutos de partida. Com apenas um minuto, Carlos Eduardo cobrou escanteio e quase marcou um gol olímpico. O goleiro Dalberson salvou o Joinville. Na sequência, Eduardo Meurer soltou a bomba de fora da área e a bola passou com muito perigo por cima do gol defendido por Guilherme Boer. Aos 13, o Peixe abriu o marcador. Após cruzamento de Carlos Eduardo, o zagueiro Gutierrez subiu mais alto que a defesa do JEC e marcou um belo gol. (Joinville 1x0 Tubarão)

A equipe do norte catarinense não demorou muito para reagir. Aos 17, Diego recebeu lançamento no lado esquerdo de ataque, partiu para área e finalizou com perigo pra fora. O empate veio aos 20 minutos: Gutierrez deslocou Alison com o braço direito dentro da área e o árbitro marcou penalidade. O próprio Alison foi para a cobrança e empatou o jogo. (Joinville 1x1 Tubarão) Aos 26, Alison contou com mais uma falha de Gutierrez. O zagueiro do Tubarão subiu para cortar e não encontrou nada. Oportunista, o camisa 9 do Joinville anotou o segundo dele na partida. (Tubarão 1x2 Joinville) O terceiro gol do Joinville na partida saiu aos 31 minutos. Renan Guedes achou Alison no meio-campo, que arriscou rasteiro de fora da área e acertou o canto direito do goleiro Guilherme. Hat-trick de Alison. (Tubarão 1x3 Joinville)

No segundo tempo, domínio total do JEC. A primeira boa chegada veio logo aos 2 minutos. Alison foi lançado no ataque e saiu cara a cara com Guilherme Boer. O goleiro do Tubarão parou o atacante com falta a centímetros da grande área e recebeu cartão amarelo. Na sequência, Diego cobrou a falta e o goleiro fez a defesa. Aos 6, outro bom ataque do Joinville. Renan Guedes foi até a linha de fundo e cruzou para o meio da área, Alison fez o corta-luz e Lucas de Sá chegou batendo para mais uma defesa de Guilherme Boer.

A tarde era de Alison Mira, que inclusive passou pelo Tubarão no ano passado. Aos 10 minutos, bem posicionado, ele aproveitou a sobra da troca de passes entre Diego e Lucas de Sá e marcou o seu quarto gol na partida. (Joinville 4x1 Tubarão) O goleiro Guilherme do Tubarão foi expulso aos 18 minutos após derrubar Davi Lopes dentro da área. O volante, que deixou o Peixe durante a paralisação do futebol por conta da pandemia, cobrou e marcou o quinto do Joinville na partida. (Joinville 5x1 Tubarão).

E o resultado só não foi ainda mais elástico, pois o Joinville não aproveitou as inúmerqs chances que teve após marcar o quinto gol. O sexto tento do JEC só veio no finalzinho do jogo. Banguelê passou para Chrystian no lado direito de ataque, que fez grande jogada pela linha de fundo e apenas rolou para Lucas de Sá anotar, aos 46 minutos, o último gol da partida.

Fim de jogo: Joinville 6x1 Tubarão

JOINVILLE: Dalberson, Renan Guedes (Chrystian), Fernando, Jaques e Renan Castro (Kadu); Caio Mello, Davi Lopes (Banguelê) e Diego (Adriano); Edson Ratinho, Alison (Romarinho) e Lucas de Sá. Técnico: Fabinho Santos

TUBARÃO: Guilherme Boer (expulso), Carlos Eduardo, Gutierrez, Vinícius Kuerten (Vitor Gabriel) e Anderson; Eduardo Meurer (Matheus Mazia), Zé Augusto e Alex Nemetz; Aslen (Pablo), Kendy (Rodrigo - goleiro) e Gleydson (Vico). Técnico: Isaque Pereira

× Fale com o Infosul