Apae recebe R$ 35 mil de repasse da prefeitura; valor ajudará na compra de ares-condicionados

A Prefeitura de São Ludgero manteve no planejamento o repasse de R$ 35 mil para a Escola de Educação Especial da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, mesmo com baixa expressiva na arrecadação do município. O dinheiro já está na conta da entidade servirá para a compra de materiais e equipamentos.

Segundo a Diretora Geral da Apae, Daniela Ouriques, o montante ajudará na compra de ares-condicionados, testes psicológicos, e também materiais para fisioterapia. “No caso dos aparelhos de ar condicionado temos alguns já muito antigo, outros que não funcionam direito. Então, vamos substituir por novos e também colocar alguns em salas que ainda não possuem”, esclarece.

A Apae de São Ludgero é uma associação civil, filantrópica, sem fins lucrativos, e presta atendimento gratuito a pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla, visando a formação de sua personalidade, empenhada em garantir o desenvolvimento integral das potencialidades, minimizando suas dificuldades, para melhor convivência com a família e a comunidade. Atualmente possui 87 alunos matriculados.