Após perder protagonismo, Felipe Estevão rompe com Carlos Moisés

infosul
Foto: reprodução | Alesc

O deputado lagunense Felipe Estevão (PSL) se mostrou revoltado com o governador Carlos Moisés (PSL) durante sessão na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) nesta semana. "É um governo do faz de conta. O que temos são palavras vazias de um governador que só ilude. Política pública feita no conforto da Agronômica ou de uma sala com ar condicionado do Centro Administrativo", disse o representante da Amurel.

Ainda durante sua fala na tribuna, Felipe denunciou promessas feitas pelo chefe do Executivo catarinense e que não foram cumpridas, como investimentos para o porto pesqueiro de Laguna, da Rodovia Ageu Medeiros, em que os recursos ainda não foram aportados. "Não dá mais para suportar. Já tentei reuniões, encontros e nunca fui atendido em dois anos de governo. A partir de agora não irei mais me calar. Irei ser firme para não estarmos fadados ao fracasso", concluiu.

Coincidência - ou não - na semana passada, em entrevista ao comunicador Haroldo Silva, o governador anunciou convênio de R$ 10 milhões com a Prefeitura de Jaguaruna para o desassoreamento da Barra do Camacho. Na ocasião, entretanto, o interlocutor da notícia foi o deputado Zé Milton Scheffer (PP).  

Embora sejam do mesmo partido, Moisés tem percebido em Felipe um certo distanciamento. Semanas atrás, por exemplo, o parlamentar posou para fotos com a então governadora interina Daniela Reinehr, em visita à Barra do Camacho. Por vezes e lives, Felipe prometeu articular recursos para o desassoreamento do canal. Moisés, por sua vez, demonstrou que a voz mais forte foi a do líder de governo Zé Milton. Toma-lá-dá-cá.

× Fale com o Infosul