Área Azul: Vereador pede esclarecimentos e APAE responde em comunicado

Foto: Matheus Madeira

O vereador José Luiz Tancredo (PSDB), solicitou na última segunda-feira, 14, um relatório detalhado dos vínculos empregatícios dos funcionários do Sistema de Estacionamento Rotativo da cidade de Tubarão, conhecido como Área Azul.

Segundo o parlamentar, são inúmeras as reclamações dos serviços prestados. Mas o que, de fato, mobilizou o pedido para esclarecimentos, foram os rumores que a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, empresa responsável pelo rotativo, esteja dispensando os colaboradores após a experiência de 90 dias.

Em comunicado enviado, em primeira mão, ao Infosul, a direção da APAE disse não ter recebido nenhuma notificação até o momento, mas que diante da repercussão nas redes sociais, prefere se posicionar.

Segundo o comunicado, o quadro de monitores atual é de 33 pessoas e todos são contratados pelo regime de CLT por tempo indeterminado, o prazo de 90 dias é regulamentar como prazo de experiência que sempre é usado para avaliar os profissionais contratados e, em alguns casos, usado pra buscar melhores profissionais;

Sobre os benefícios que por ventura são oferecidos aos funcionários, a direção da APAE afirma que os benefícios são os obrigatórios, e que contam ainda com um valor de ajuda de refeição, seguro de vida em grupo, plano odontológico corporativo (pago pelo funcionário);

Já sobre o chamado "vínculo empregatício" – termo do requerimento – o comunicado destaca que acontece desde o primeiro dia de trabalho e que respeita na integra todas as Leis Trabalhistas.