Bicampeonato do Hercílio Luz completa 62 anos

Foto: Reprodução Foto: Reprodução

Vibra que é teu, Leão do Sul! O segundo título do Campeonato Catarinense de 1958 conquistado pelo Hercílio Luz completa 62 anos nesta segunda-feira (29). A competição foi disputada apenas em 1959 e teve seu início em janeiro daquele ano. A fórmula de disputa era simples: 16 equipes e jogos eliminatórios de ida e volta.

Para chegar até a grande decisão, o Hercílio Luz bateu o Internacional de Lages na primeira fase e em seguida despachou o Barriga Verde, de Laguna. Na semifinal, a equipe colorada mediu forças contra o Marcílio Dias. Na partida de ida, em casa, o Hercílio Luz venceu por 3 a 1. A partida foi disputada no dia 15 de fevereiro de 1959. Uma semana depois, o Hercílio voltou a vencer por 2 a 1 fora de casa e avançou à final pela segunda vez consecutiva.

Na decisão, o Hercílio Luz reencontrou o Carlos Renaux, de Brusque, que havia sido seu rival na final do Catarinense de 1957. A equipe tubaronense não teve tarefa fácil e quase viu o título escapar. Na partida de ida, em Brusque, o Carlos Renaux goleou por 4 a 1 em Brusque. Para evitar a perda do título, o Hercílio Luz teria que evitar a todo custo uma nova vitória da equipe tricolor na partida de volta para forçar um terceiro jogo. O regulamento previa que seria campeão o clube que atingisse 4 pontos na disputa. Na época, a vitória valia 2 pontos. Em Tubarão, um jogo digno de final. Hercílio Luz e Carlos Renaux fizeram um grande jogo e empataram em 5 a 5. O resultado forçou uma nova partida entre as equipes, que foi disputada em campo neutro, na cidade de Florianópolis.

A final foi disputada no dia 29 de março de 1959 e deste jogo sairia o grande campeão do estado. De um lado, o Hercílio Luz que buscava o bicampeonato. Do outro, o Carlos Renaux tratava a partida como uma revanche, já que havia perdido o título em 1957. Melhor para a equipe tubaronense, que venceu a partida por 3 a 1 e trouxe o título para o Aníbal Torres Costa.

O título não teve importância apenas dentro do estado. Pelo contrário, a conquista do título do Campeonato Catarinense de 1958 credenciou o Hercílio a disputar o primeiro Campeonato Brasileiro da história. A competição reuniu todos os campeões estaduais de 1958. Além de um dos clubes mais antigos e tradicionais de Santa Catarina, o Hercílio Luz pode bater no peito e se orgulhar por ser a primeira equipe de Santa Catarina a disputar uma competição nacional.

*Não há registro dos gols marcados pela equipe durante a competição. No entanto, o time-base do Hercílio Luz era formado por: Bateria, Rato, Pinto, Adir, Parafuso, Ernani, Vitoldo, Luisinho, Waldir, Betinho, De Lucas.