Carnaval de Laguna pode ser adiado em decorrência do novo coronavírus

Foto: reprodução

Uma das festas mais aguardadas do ano, sem dúvidas, é o carnaval. Na região, Laguna é um dos municípios que mais recebe turistas durante os dias de folia. No entanto, com a pandemia do novo coronavírus, o carnaval de 2021 – entre 21 e 29 de fevereiro – ainda é uma incógnita.

As festividades de réveillon, por exemplo, estão sendo adaptadas. De acordo com o secretário de Turismo da Cidade Juliana, Evandro Flora, “Os turistas estarão em Laguna; a cidade vai estar cheia. Então, umas das possibilidades é ter uma queima de fogos só de luzes, no alto do Morro da Glória, onde todo o Mar Grosso, Magalhães, Centro Histórico, Figueira, Bananal, enfim, quase toda a cidade terá a visão panorâmica dos fogos. É uma ideia que a gente tem, para não deixar o a data do réveillon passar em branco”, disse à reportagem do Infosul.

Embora o número de novos casos diários confirmados da Covid-19 estejam em queda, a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde é para que aglomerações continuem sendo evitadas. Para se ter uma ideia, na semana do carnaval, a cidade de Laguna costuma receber mais de 600 mil pessoas.

Por essa razão, Evandro destaca que já tem conversado com outros secretários da região para definirem – juntos – um plano estratégico para a data. Segundo ele, a ideia é não cancelar o evento, mas talvez adiar a data da festança. “Tudo depende da diminuição da pandemia”, afirmou.

Ainda no mês de julho a cidade de São Paulo anunciou o adiamento do evento, a prefeitura local estuda uma nova data entre maio e julho de 2021. Aqui na região, as definições deverão seguir algo parecido.

“Essa semana eu estive na região Serrana do Rio Grande do Sul/RS, para conversar com algumas pessoas ligadas ao turismo, e a gente tem discutido a nível de Brasil. Então, até o final de novembro a gente deve definir como será o carnaval 2021”, comentou Flora.

De acordo com o secretário, a expectativa é que essa definição seja em conjunto com os municípios de Garopaba, Imbituba, Jaguaruna, e Balneário Rincão. “Assim como fizemos com a discussão sobre o réveillon, onde ainda não batemos o martelo, queremos fazer o mesmo – em conjunto – com os demais municípios. Então, acredito que, até o final desse mês de setembro consigamos definir sobre o réveillon e, até o fim de novembro, sobre o carnaval”, finalizou.

Locatários X Covid-19

O carnaval de Laguna também embala – e muito – a economia local, nos mais diversos setores. Com a comum chegada de turistas durante o verão, locar uma casa ou apartamento durante a estação mais quente do ano é um trabalho árduo quando deixado para última hora.

Segundo Bárbara Silveira, administradora de um prédio locatário, localizado em uma das principais avenidas para os foliões, dezenas de clientes já estão solicitando a quebra de contrato dos apartamentos que alugaram para o período de carnaval.

“Dos 14 apartamentos disponíveis, 12 já estão reservados para o carnaval há meses. Destes, no mínimo 10 já solicitaram o cancelamento da reserva e reembolso. A maioria são hóspedes que ficaram aqui [no prédio] nesse ano e aí já reservaram para o ano seguinte. Para facilitar, nós parcelamos as diárias e, quando chega o carnaval é só se divertir”, comentou Babi, como é carinhosamente conhecida.

O Infosul apurou que, assim como o prédio administrado por Bárbara, diversos outros na cidade passam pela mesma situação.