Com ação judicial, jornalista Jean Cardoso Jr é transferido para hospital especialista em pulmão em POA

Foto: Jean Cardoso

No total, já são mais de 160 dias de internação em hospitais em 2020

O jornalista esportivo tubaronense Jean Cardoso Jr, de 26 anos, segue internado. No total, já são mais de 160 dias em hospitais neste ano de 2020, na luta contra infecções pulmonares. O jovem é transplantado e por isso a situação é delicada. Desde o dia 6 de maio o jornalista estava internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição, no entanto a família lutava para uma transferência para o Hospital Dom Vicente Scherer da Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, já que a instituição é especialista na área. Os pais de Jean enfrentaram dificuldades para removê-lo de Tubarão a terra gaúcha, já que o estado do jornalista é delicado.

“Nosso filho realiza tratamentos em Porto Alegre desde quando descobrimos a possibilidade do transplante em abril de 2004. Desde lá ele passa por processos de recuperação. Este ano ficou internado por causa de uma infecção pulmonar, onde passou 12 dias pela UTI, no hospital Hospital Dom Vicente. A internação ocorreu em março e a alta em abril, Jean voltou para casa usando oxigênio, coisa que ele não usava. E até por isso tínhamos uma consulta para avaliação médica marcada lá em Porto Alegre dia 13 de maio. Infelizmente fomos surpreendidos no dia 6 de maio por uma arritmia cardíaca, com 220 batidas por minuto, por conta de outra infecção pulmonar e tivemos que trazê-lo as pressas para o HNSC”, contou o pai Jean Cardoso.

Desde maio a família então lutou para uma transferência. “Não tivemos sucesso no pedido direto ao HNSC em relação a transferência. Os motivos que impediram foram burocracias relacionadas ao Estado e também o risco de levá-lo era alto, já que Jean passou 40 dias internado na UTI de Tubarão”, explicou.

Em desespero, buscando o melhor para seu filho, Jean Cardoso (pai) solicitou a justiça intermediação. E assim foi concedido, neste sábado, 12, Jean foi de avião para o hospital de POA. “Nos sentimos mais seguros no hospital onde ele faz tratamentos há 16 anos”, destacou.

Emoção marcou a transferência de Jean

Apesar da solicitação de transferência, a família de Jean fez questão de agradecer a todos os profissionais da área da saúde do Hospital Nossa Senhora da Conceição que cuidaram do jovem nos últimos 128 dias. Antes da partida, deixaram uma carta. Segue um trecho dela:

“Queremos agradecer a Todos os colaboradores deste maravilhoso Hospital (HNSC) que não medem esforços para salvar vidas e foi assim que fizeram com nosso Filho Amado!! Foram 128 dias de muita dedicação, carinho, profissionalismo e amor dedicados a ele e a nós de certa forma também!!

Passamos momentos difíceis, quando vimos o sofrimento batendo em sua porta, cada furada de agulha sem sucesso, cada necessidade de intubação e retorno a UTI, foi muito difícil para nós, mas também tivemos momentos especiais que devemos relembrar, momento em que o médico nós falava, ele reagiu bem aos antibióticos, vamos dar alta da UTI, vamos organizar para dar alta pra casa (todas sem sucesso) e o melhor foi ver cada vez que sua reação e seu olhar de luta e de guerreiro que é, dando um sorriso e dizendo, está tudo bem, estou me sentindo melhor, graças a Deus!!” 

A luta continua

Jean chegou em POA e foi direto para a UTI. Lá deve realizar exames aprofundados e posteriormente ser levado para o quarto.  “Estamos incansavelmente indo para mais uma etapa desta batalha que temos a certeza e a fé que iremos vencer e comemorar muito, pedimos que fiquem na torcida e que façam muitas orações para nós e em especial para o Jean Júnior”, finalizou Jean Cardoso (pai).

Jean Cardoso Jr foi diagnosticado aos quatro meses com Bronquiolite Obliterante. Em 2004, precisou passar por um transplante de pulmão. Os doadores foram seus pais, caso raro no Brasil. Desde então o jornalista luta para combater infecções que comprometem seu sistema respiratório.

Seguimos na torcida para que nosso colega de trabalho fique bem logo e possa retornar aos microfones falar do que mais gosta: futebol.