Com alta de 70% no número de internações por Covid-19, HNSC emite nota de alerta

Foto: Portal Infosul

Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, emitiu uma nota à imprensa nesta quarta-feira, dia 18, alertando a população das novas ações tomadas pela entidade para combater o novo coronavírus. De acordo com o texto, "A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) atualmente encontra-se com 90% de ocupação de leitos no atendimento pelo SUS, e 100% para convênios/particular, sendo que as interações nos setores de enfermaria dobraram. Os leitos da UTI Neonatal e Pediátrica, habilitados para Covid-19, também estão com 40% da ocupação", destaca um trecho do comunicado. Entre as medidas tomadas estão a restrições do número de cirurgias.

Confira a nota a íntegra:

Na última semana a situação da Covid-19 voltou a preocupar a direção e corpo técnico do Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, onde os números de internações por suspeita ou confirmação da doença aumentaram. Em relação ao mês anterior houve uma alta de 70%. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) atualmente encontra-se com 90% de ocupação de leitos no atendimento pelo SUS, e 100% para convênios/particular, sendo que as interações nos setores de enfermaria dobraram. Os leitos da UTI Neonatal e Pediátrica, habilitados para Covid-19, também estão com 40% da ocupação, lembrando que o HNSC é o único com referência para tratar pacientes nesta categoria pelo SUS na região.

Com a divulgação da atualização do mapa de risco potencial para a Covid-19 das regiões do estado realizada nesta-quarta-feira (18) pelo Governo de SC onde a Amurel (Associação de Municípios da Região de Laguna) passou de risco Grave para Gravíssimo, o HNSC está mais uma vez em alerta. Novas medidas de segurança entram no plano de Contingência Hospitalar para garantir que a entidade consiga dar suporte ao atendimento de toda região. Entre as medidas tomadas estão a restrições do número de cirurgias. O HNSC também está se preparando para ampliação de novos leitos Covid-19 para dar suporte a este novo cenário. Medidas como restrições de visitas e acompanhantes continuam em vigor.