Detento diagnosticado com Covid-19 ganha direito de prisão domiciliar

Foto: reprodução/ilustrativa

Um detento da Unidade Prisional Avançada (UPA) de Laguna foi diagnosticado com o novo coronavírus e ganhou o direito de ficar em prisão domiciliar por 90 dias. O pedido foi deferido pelo juiz da cara criminal competente. Segundo a administração da UPA, ele não teve contato com outros presos da unidade.

O detento foi preso em flagrante na última quarta-feira, 06, entretanto o crime cometido não foi divulgado. No novo regime, o acusado não poderá sair de casa, exceto se precisar de atendimento médico ou hospitalar. Além disso, ele também não pode ingerir bebidas alcóolicas ou fazer uso de drogas ilícitas.