Eleições 2020: comissionados pedem exoneração e vereadores solicitam que a Administração se abstenha de preencher vagas

Foto: reprodução

Com o fim da Janela Eleitoral no último dia 4 de abril, o prazo para pedidos de exoneração dos servidores municipais comissionados que desejam concorrer às eleições de outubro, também expirou. Em Tubarão, pelo menos 12 colaboradores deixaram o cargo.

Coordenadora da Ouvidoria - Rita Elisabete P. da S. Ribeiro

Coordenador de Proteção do Consumidor - Ângelo Danilo Pulita

Secretário de Educação – Diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação - Maurício da Silva

Gerente de Cultura - José Paulo Garcia

Diretor de Ações Culturais - Alan Antônio Machado

Diretor do Departamento de Assuntos Ambulatoriais - Ari Pinheiro Cunha Júnior

Diretor do Departamento de Vigilância em Saúde - Edson Luiz Fogaça

Gerente de Serviços Públicos - Carlos Eduardo Zamparetti da Silva

Gerente de Obras - Fabiano Modolon Corrêa

Coordenador de Frota e Logística - José dos Passos M. Mendes

Secretário de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento - Nilton de Campos

Gerente de Trânsito e Mobilidade - Dionísio de Quadros

Em tempo, durante sessão na Câmara de Vereadores da Cidade Azul nesta segunda-feira, 06, os parlamentares José Luiz Tancredo e Dalton Luiz Marcon, ambos do MDB, solicitaram ao prefeito Joares Ponticelli que se abstenha, nos próximos seis meses, de efetuar novas nomeações para preenchimento dos cargos comissionados citado acima.

Como justificativa, os vereadores alegaram o atual cenário provocado pela pandemia de COVID-19, onde exige que todos os recursos públicos sejam poupados e investidos na saúde pública.