Em Imbituba, eleitores optam pela permanência de Rosenvaldo Junior na prefeitura

Rosenvaldo da Silva Junior (PSB) continuará como chefe do Executivo de Imbituba por mais quatro anos. Os eleitores da cidade praiana somaram 45,31% dos votos válidos para o político.

Imbituba teve outros quatro candidatos. Christiano Lopes de Oliveira, do PSD¸ obteve 28,59%; Adriana Lumma, do PSL, fez 18,68% dos votos; Michela da Silva Freitas, do PSDB, ficou em quarto com 5,47% e, Tania Ferreira, do PT, antigo partido do eleito, conquistou 1,95% das urnas.

Casado com Aline Marques, Rosenvaldo é pai de Marco Antônio e João Lucas. Após duas tentativas nas eleições de 2004 e 2008, foi eleito prefeito de Imbituba em 2016 pelo PT. Na época, obteve a maior votação da história do município. Em 2020, foi escolhido presidente da Amurel, função que exerceu até junho do ano corrente, quando deixou o posto para concorrer à reeleição municipal.

“A mensagem nesse momento não poderia ser outra que não a de agradecimento. Obrigado por terem me concedido mais esse período, por terem entendido o nosso trabalho, recebido a nossa mensagem. Entendido que a gente fez tudo o que foi possível e que vamos agora, com todo o emprenho, com toda dedicação fazer mais por Imbituba. Serão mais quatro anos de muito trabalho, muita dedicação, muita honestidade e muito diálogo, que é o meu jeito de fazer as coisas e assim a gente vai continuar fazendo”, afirmou Rosenvaldo após a vitória.

Resultado final das eleições em Imbituba:
Rosenvaldo da Silva Junior (PSB) - 45,31% - 10.862 votos
Christiano Lopes de Oliveira (PSD) - 28,59% - 6.855 votos
Adriana Lumma (PSL) - 18,68% - 4.479 votos
Michela da Silva Freitas (PSDB) - 5,47% - 1.311 votos
Tania Ferreira (PT) - 1,95% - 467 votos

Nulos - 1.338 (5,11%)
Brancos – 854 (3,27%)

Comparecimento - 26.166 (70,58%)
Abstenções - 10.905 (29,42%)

Confira os vereadores eleitos:
Bruno Pacheco (PSB) – 862 votos
Thiago Rosa (PP) – 840 votos
Eduardo Faustina (PP) – 833 votos
Humberto Carlos dos Santos (PSB) – 738 votos
Deivid Rafael Aquino (MDB) – 708 votos
Matheuus Pereira (PSDB) – 599 votos
Ladiada (PSB) – 574 votos
Beto do Zé Neide (PL) – 508 votos
Rafael Mello (PSL) – 438 votos
Elísio Sgrott (PP) – 423 votos
Leno (PODE) – 398 votos
Michel Peninha (PSL) – 330 votos
Valdir Rodrigues (PSD) – 285 votos