Em Tubarão, vereadora propõe auxílio-moradia às mulheres vítimas de violência doméstica

Foto: divulgação

A representante do Republicanos, vereadora Luciane Tokarski, apresentou um Projeto de Lei durante a última sessão na Câmara de Vereadores de Tubarão, que tem como objetivo oferecer um auxílio-moradia às mulheres vítimas de violência doméstica.

O benefício, que é temporário, poderá ser oferecido pelo prazo de até 6 (seis) meses, podendo ser prorrogado mediante justificativa técnica. Além disso, o auxílio será concedido a mulheres atendidas por medida protetiva prevista na Lei Federal e que forem obrigadas a abandonar o lar devido às ações de violência se tornarem insustentáveis.

Vale ressaltar que o auxílio-moradia já existe na legislação municipal desde o dia 28 de setembro de 2017, por meio da Lei nº 4.784, porém é destinado apenas a famílias com suas casas interditadas pela Defesa Civil e em situação de vulnerabilidade. Com a alteração deste projeto, mulheres decorrentes de atos de extrema violência também terão direito a receber.

“É importante lembrar que em muitos casos a situação de violência é insuportável e a tragédia já vem sendo anunciada, mas a mulher acaba não podendo sair de casa por falta de condições financeiras. Queremos dar oportunidades e segurança às vítimas de atos violentos”, diz a vereadora.