Em último jogo de Belliato, peixe toma virada e é eliminado da Copa SC

O Tubarão viajou para Brusque com vantagem do empate para conquistar a vaga na final da Copa SC, isso porque no jogo de ida venceu em casa pelo placar de 1 a 0. Apesar da vantagem, o peixe saiu na frente aos 23 minutos. Eliomar aproveitou uma falha de marcação e bateu rasteiro para o fundo da rede.

Na segunda etapa, quando se esperava uma reação da equipe Brusquense, o Tubarão iniciou mais agressivo. Logo no primeiro minuto Eliomar deixa Pedro Lucas na cara do gol, o garoto bate bem mais para nas mãos do goleiro Zé Carlos. Após o susto o marreco reagiu, e aos 5 minutos, após uma cobrança de escanteio o atacante Bambam subiu sozinho e deixou tudo igual. Aos 16, Nikolas Farias marcou contra após um bate rebate na área. Até aqui Brusque 2 x 1 Tubarão. O Tubarão até tentou reagir: novamente Pedro Lucas tem grande chance e acaba desperdiçando. Aos 26 minutos o árbitro da partida, Diego Cidral, marcou penalidade máxima para o time da casa após Silva bater com a bola na mão. Bambam bateu para o lado esquerdo, Belliato caiu para o direito: Brusque amplia o marcador para 3. Aos 33 minutos a partida é paralisada por conta de confusão, foram mais de 7 minutos sem a bola rolar.  Quando tudo foi normalizado, aos 40 minutos, Brusque se consagra na final da Copa SC: após um lançamento pelo lado esquerdo Thiago Alagoano marca. Fim de jogo: Brusque 4 x 1 Tubarão.

Marcílio Dias e Avaí disputaram a outra vaga da final, melhor para os marinheiros que também venceram pelo placar de 4 x 1.

O primeiro jogo da final está marcado para dia 17/11, próximo domingo, às 15h30min, no estádio Augusto Bauer em Brusque.

O Tubarão se prepara agora para temporada 2020, onde disputa Campeonato Catarinense série A e Campeonato Brasileiro série D.

Belliato não continua no Tubarão

Após o apito final, em entrevista, o goleiro Junior Belliato afirmou que foi seu último jogo com a camisa do peixe. “Fica uma tristeza porque queria vencer, queria sair do Tubarão com a conquista de mais um título, mas infelizmente não deu. Hoje realizei meu último jogo com a camisa do Tubarão, foi um acordo meu com o clube”, destacou o atleta.

Brusque 4 x 1 Tubarão

Tubarão: Belliato; Paulinho, Marcelo Xavier, Yuri (Gabriel Carioca) e Nikolas Farias; Davi Lopes (Silva), Parrudo, Edinho e Daniel Costa (Diordi); Pedro Lucas e Eliomar.

Brusque: Zé Carlos; Zé Matheus, Ianson, Cleyton (Neguette) e Airton; Rodolfo, Gama, Marco Antônio e Thiago Alagoano; Robert (Ronan) e Bambam (Alemão).