Esporte ganha mais uma batalha: projeto de lei que torna atividade esportiva como essencial é aprovada na ALESC

Foto: Daniel Conzi/Agência AL

Os deputados estaduais aprovaram nesta quarta-feira, 15, em sessão virtual, por 32 votos a um, o projeto de lei 119/2020 proposto por Fernando Krelling (MDB) que trata sobre as atividades físicas. O objetivo do projeto é tornar atividades esportivas essenciais durante a pandemia em Santa Catarina.

O Governo do Estado tem o prazo de 15 dias para aprovar ou vetar, caso não se manifeste a proposta é automaticamente sancionada. Em caso de veto, a ALESC pode recorrer. A expectativa do deputado é boa em relação ao parecer do governador.

“Acredito que o retorno será positivo e deverá haver flexibilização para área, já que existe um diálogo entre o governo e o CREF”, disse Fernando Krelling.

- Clique aqui para acessar a matéria completa sobre as tratativas entre Governo do Estado e CREF –

Luta por todas áreas esportivas

É importante ressaltar que o movimento para volta das atividades físicas não se restringe a academias. “Exercício físico no geral, não só academias, todas as práticas esportivas individuais ou coletivas estão contemplados no projeto”, explicou.

O que diz o projeto

O PL 119/2020, do deputado Fernando Krelling (MDB), trata das atividades físicas. Ela reconhece os exercícios físicos como essenciais para a população, podendo ser realizados em estabelecimentos prestadores de serviços destinados a essa finalidade, bem como em espaços públicos em tempos de crises ocasionadas por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais.

Conheça Fernando Krelling

O deputado de 38 anos é natural de Joinville e sempre este ligado ao esporte. Possui graduação em Educação Física e pós-graduação em Gestão Pública. Já foi atleta e é empresário no ramo de academias. Atuou em 2012 na Fundação de Esportes, Lazer e Eventos de Joinville (FELEJ), que mais tarde se tornou Secretaria de Esportes. Em 2016, elegeu-se vereador e exerceu funções parlamentares e foi Presidente da Câmara de Vereadores, de 2017-2018.
Nas eleições de 2018, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), elegeu-se Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com 44.356 votos.