Febre Amarela: bloqueio vacinal é concluído em Tubarão

Foto: reprodução

Após um macaco Sagui (Callithrix) ter sido encontrado morto na última sexta-feira, 01, no bairro Oficinas, em Tubarão, a Fundação Municipal de Saúde começou uma ação de bloqueio vacinal nos bairros que atingem um raio de 600 metros do local onde o primata foi encontrado, a fim de imunizar os moradores do vírus da Febre Amarela, doença que pode ter vitimado o animal.

O Sagui foi recolhido pela Unidade de Vigilância de Zoonoses e encaminhado para o Hospital Veterinário da Unisul. O material para análise e investigação do óbito foi retirado e encaminhado para um laboratório autorizado do estado, onde o resultado deve sair em até 30 dias.

A ação de bloqueio vacinal teve a participação da Equipe de Vigilância Epidemiológica e vacinadoras da cidade, que bateram de porta em porta para alertar dos riscos aos moradores. A caminhada teve início no sábado, 02, e foi concluída na noite desta terça-feira, 05, com um total de 135 doses aplicadas.

Segundo o Secretário de Saúde Daisson Trevisol, "não é possível mensurar quantas pessoas já haviam sido imunizadas antes, mas até a noite desta terça-feira foi possível realizar o bloqueio em todas as pessoas dentro desse raio estabelecido", pontua. O profissional também alerta que é necessário continuar com a imunização, e por isso, "todos devem procurar uma Unidade Básica de Saúde para se imunizar, caso ainda não possua a dose", conclui.

Entenda:

A doença

É uma doença causada por um vírus chamado amarílico ou vírus da febre amarela. Não há tratamento específico. Transmitido através da picada do mosquito transmissor fêmea. Sintomas: febre alta de início súbito, sensação de mal estar, dor de cabeça, dor muscular, cansaço, calafrios, náuseas e vômitos.

 

 

Febre Amarela e os macacos

É extremamente importante frisar que os macacos não transmitem a febre amarela, eles são vítimas da doença. Quem transmite o vírus são fêmeas de mosquitos. Como os macacos costumam viver nas copas das árvores, onde também vivem os mosquitos, acabam sendo picados pelo inseto, que acaba transmitindo o vírus ao animal, que adoece e na maioria das vezes morre.

 

Prevenção

A vacina é um direito do cidadão e está disponível nas salas de vacinação das unidades de saúde pública. Todas as pessoas maiores de 9 meses de idade podem se vacinar. A vacina protege a pessoa por 10 anos. São necessários 10 dias para uma pessoa ficar protegida da doença. Quem ainda não é vacinado e pretende viajar para as áreas com recomendação de vacina deve procurar um posto de vacinação pelo menos 10 dias antes da viagem.