Força-tarefa inicia atendimento as pessoas em situação de rua para os dias de frio intenso

Foto: reprodução/ilustrativo

Membros da Fundação Municipal de Desenvolvimento Social (FMDS), Defesa Civil, Guarda Municipal, Albergue Noturno Pousada da Paz, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Associação João 3:16 e voluntários da Igreja Quadrangular de Tubarão iniciaram ontem, nesta terça-feira, 18, uma força-tarefa para atendimento as pessoas em situação de rua para enfrentamento do frio intenso previsto para os próximos dias.

Os trabalhos de orientação e de encaminhamento ocorre das 7 às 19 horas. A força-tarefa fará a entrega de agasalhos e de cobertores a quem solicitar e orientar a procurarem o albergue localizado no bairro São João Margem Esquerda. O espaço tem capacidade para receber 50 pessoas, mas a ocupação dificilmente ultrapassa os 50%.

A gerente da FMDS, Kelly Botega Fortunato, lembra que as abordagens noturnas também serão realizadas por voluntários.

“O trabalho bem articulado entre o Poder Público e a sociedade civil é fundamental para enfrentarmos essa difícil realidade. Entre as ações planejadas na reunião que tivemos estão o acolhimento institucional para aqueles que assim desejarem, a entrega de agasalhos e de cobertores para os que preferirem permanecer nas ruas, busca ativa e orientação durante o período matutino a ser realizada pela equipe de abordagem social. O grupo de voluntários da Igreja Quadrangular de Tubarão fará rondas noturnas com entrega de cobertores e de alimentação. Já o café da manhã, almoço e banho continuam a ser disponibilizados pela Associação João 3:16. A Guarda Municipal e a Defesa Civil também participarão da ação, orientando as pessoas em situação de rua para os serviços disponibilizados pelo município”, destaca Kelly.

A população também poderá contribuir com a força-tarefa através da doação de cobertores e de agasalhos que podem ser entregues na sede da Fundação Municipal de Desenvolvimento Social, das 13 às 19 horas.

Informações, dúvidas e relatos de alguém que precise de atendimento através dos telefones: (48) 3622-3154 – CREAS; (48) 3906-1037 – Setor de Atendimento Especializado à População em Situação de Rua.