Frei Pedófilo: Falso professor de música é preso em Tubarão

Foto: Comunicação Polícia Civil de Tubarão

A Polícia Civil por intermédio da Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais, em ação conjunta a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso deram cumprimento na tarde de ontem, 16, a um mandado de prisão (Sentenças condenatória),  contra um homem de 62 anos, pelo crime de violação sexual, mediante fraude.

O individuo já foi condenado antes no no estado de Goiás pelo mesmo crime. Na Denúncia, o Ministério Público ressaltou a desobediência a ordens judiciais na prática dos abusos. E que ele, naquela época, já possuía outra condenação no Estado de São Paulo. A condenação em Goiás ganhou repercussão internacional, chegando a ser capa de uma revista conhecida nacionalmente e outros veículos de mídia. Conhecido como o "Frei Pedófilo", o homem residia em Tubarão e já vinha sendo monitorado.

Aqui na Cidade Azul ele se apresentava em escolas e salões e salões paroquiais alegando ser professor de música, utilizando desse argumento para conseguir se aproximar de crianças e adolescentes para cometer os crimes.

O condenado já foi encaminhado ao Presídio Regional Masculino de Tubarão.