Fundação Municipal de Educação estuda alternativas para “salvar” ano letivo, em Tubarão

Foto: reprodução

Com objetivo de não ter o ano letivo de 2020 perdido em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Fundação Municipal de Educação de Tubarão determinou que os diretores de toda a rede informem, de imediato, se conseguem comunicação não presencial com todas as famílias/alunos e, se todos os professores conseguem – também em home office – enviar e receber trabalhos e atividades aos matriculados, conforme previsto em planejamento.

“Solicitamos também sugestões de atividades escolares que possam ser executadas pelos alunos, a distância, que atendam aos preceitos dos Conselhos Nacional, Estadual e Municipal de Educação que sejam, portanto, validados pelos órgãos”, informa o diretor-presidente da pasta, Maurício da Silva.

Durante essa quinta-feira, 26, diretores e professores estão em contato com a Fundação para alinhar a melhor maneira de repassar o conteúdo elaborado aos alunos, de forma que todos tenham acesso.