Gastos relacionados ao combate do novo coronavírus são questionados em Capivari de Baixo

Foto: reprodução

Em Capivari de Baixo, o vereador Thiago Viana (PSD) solicitou ao prefeito Nivaldo de Souza e a secretária Adriana Rufino, responsável pela pasta da saúde, detalhes dos gastos relacionados ao combate do novo coronavírus no município.

No requerimento, o parlamentar pede a prestação de contas detalhada dos materiais e serviços que foram adquiridos, além das contratações realizadas. O tipo de material e/ou serviço, quantidade ou período, valor unitário e total, empresa contratada e vigência, e a forma de contratação também devem constar na resposta do Executivo Municipal.

Outra preocupação do vereador, de acordo com o documento protocolado e apresentado na Casa Legislativa, é que sejam especificados os fornecedores de testes rápidos do município, e a quantidade adquirida de cada empresa. Nesse sentido, o edil questiona sobre o motivo de vários dos testes “falharem”, visto que muitos pacientes têm resultados diferentes na contraprova.

Unidade sentinela

Questionamentos sobre o funcionamento da Unidade Sentinela do município também foram anexados ao requerimento. Além da solicitação do detalhamento dos gastos mensais com a unidade, Thiago pediu à gestão que analisasse a possibilidade de retornar os atendimentos aos finais de semana e com horário ampliado.

Até o mês de maio a unidade atendia todos os dias, inclusive aos finais de semana. Segundo a Secretaria de Saúde do município, a baixa procura por atendimento de pessoas com quadros sintomáticos respiratórios fez com que a pasta reduzisse o horário de atendimento e suspendesse as atividades nos finais de semana. O vereador, no entanto, discorda de tal decisão e sugere o retorno dos atendimentos de segunda a domingo, com horário de atendimento das 7 às 18 horas.

O Poder Executivo tem 15 dias para dar um retorno ao parlamentar.