Governo assinará convênio de R$ 10 milhões para desassoreamento da Barra do Camacho

O governo de Santa Catarina assinará um convênio no valor de R$ 10 milhões com a Prefeitura de Jaguaruna para o desassoreamento do canal da Barra do Camacho. O anúncio foi feito - com exclusividade - ao comunicador Haroldo Silva, no programa Entrevista Tubá, no último sábado, dia 15 de maio.

“São mais de 1,5 mil famílias beneficiadas. Esse é um sonho já era uma demanda nossa. O Sul do Estado não pode ficar esquecido”, disse Carlos Moisés, por telefone. No mesmo momento um grupo de manifestantes, entre moradores e pescadores, reivindicavam agilidade nas ações de recuperação do canal. “Ficamos muito esperançosos ao receber a notícia e vamos seguir cobrando”, afirmou Reginaldo de Pellegrin, um dos organizadores da mobilização.

Atualmente, a ligação do mar com a lagoa está quase que totalmente tomada pela areia. Manter o canal aberto, de acordo com os gestores, é fundamental para além da pesca, amenizar a situação em caso de enxurradas na bacia do Rio Tubarão. A Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel) apresentou, recentemente, um projeto de engenharia para desassoreamento do canal, estimado em aproximadamente R$ 4,6 milhões.

Diante da demanda, o Governo Federal já assegurou R$ 1,5 milhão para o início do desassoreamento da Barra. Outros R$ 4 milhões são solicitados pelo município à Defesa Civil do Estado. A expectativa é que o desassoreamento seja realizado de maneira eficaz.