Gravatal: Justiça nega pedido de liminar de Prefeito cassado e mantém decisão da Câmara

Foto: reprodução

Mais uma vez - a terceira - o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) negou o pedido de recurso do Prefeito Edvaldo Bez, cassado pela Câmara de Vereadores no último dia 21 de novembro.

O ex-chefe do executivo da cidade termal tentou reverter a decisão proferida pela Comarca de Armazém, que já havia indeferido um pedido de liminar do político. No entanto, o desembargador do TJSC não aceitou os argumentos e negou o recurso.

Com a decisão, se mantém o parecer da Sessão de Julgamento da Câmara de Vereadores de Gravatal, onde por 6 votos a 3, o prefeito teve seu mandato cassado.

A reportagem tentou contato com Edvaldo Bez, mas até o fechamento desta matéria não teve retorno.