Hercílio Luz anuncia trio responsável pelo fundo de investimentos

Caio Maximiano
Caio Maximiano
Foto: Patrícia Amorim | Hercílio Luz

Em entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira (20), no Aníbal Costa, o Hercílio Luz oficializou a parceria com um fundo de investimentos que irá gerir o clube durante os próximos anos. O acordo entre as partes foi firmado pouco antes da coletiva. Responsável pelo anúncio, o presidente Maurício Dobiez revelou o nome dos empresários e esmiuçou os detalhes da parceria.

Dobiez deu início à coletiva justificando a escolha do clube por esse modelo de negócio: "Algo que dificulta muito o futebol hoje é a falta de investimento nos clubes. É necessário fazer uma parceria para que a gente consiga tocar o futebol de forma organizada, sanando todas as dívidas. Isso nos motivou a buscar um parceiro, uma parceria que nos desse confiança e segurança para assinarmos o contrato". Durante a coletiva, os nomes dos três investidores também foram divulgados. Um deles, inclusive, estará presente no dia a dia, sendo um dos principais nomes deste novo capítulo da história do clube.

Sócio-próprietário do Grupo VEG, empresa especializada em soluções para o mercado de Provedores de Internet, Vinícius Gaidzinski estará à frente do clube nos próximos anos. O empresário está se mudando para Tubarão para vivenciar de perto dia a dia do Hercílio. O segundo investidor é Thiago Quartiero, que é um dos sócios da Camil Alimentos, empresa referência no ramo alimentício na América do Sul, desde 2001. Quartiero também é presidente da Tzar Logística Ltda., empresa de transporte e armazenagem, desde 2002. O terceiro é Gustavo Mendes Stocco, sócio-proprietário da Naxi, uma empresa de telecomunicações de Jaraguá do Sul. Com apenas 26 anos, Gustavo é um dos destaques do ramo empresarial da região norte do estado.

Maurício Dobiez e Vinícius Gaidzinski assinam contrato e oficializam parceria. Foto: Patrícia Amorim | HLFC

Dentre os principais objetivos da parceria, Maurício Dobiez destacou a formação dos atletas. Os investimentos irão desde a categoria sub-9 até o time profissional, tendo como finalidade a venda dos ativos para a obtenção de lucro, tanto para o clube como também para a empresa formada pelo trio de investidores. Nesta quarta-feira (21), Vinícius Gaidzinski deve se pronuciar pela primeira vez em nome do clube.

Outros tópicos da entrevista coletiva do presidente Maurício Dobiez:

EXPECTATIVA DO CLUBE PELA NOVA GESTÃO

"Precisamos de pessoas com conhecimento em gestão de futebol que possa se dedicar exclusivamente em tempo integral ao clube. A atual diretoria é formada por profissionais de diversas áreas, mas todos têm suas empresas e não conseguem se dedicar 100% ao Hercílio Luz. Dentro do nosso acordo, o Vinícius estará no dia a dia do clube. Obviamente, eles (investidores) buscam um retorno financeiro. Eles vão estar gerindo o futebol desde o sub-9 até o atleta profissional. A finalidade é fazer a venda desses jogadores para que a empresa obtenha resultados financeiros. A expectativa é que eles consigam levar o nome do Hercílio Luz cada vez mais longe."

EXEMPLOS DE PARCERIAS ENTRE CLUBES E INVESTIDORES

"No Brasil, alguns clubes não deram certo ao fazer parceria com investidores, mas temos exemplos de parcerias que deram certo, como o Red Bull Bragantino. Moldamos uma parceria com pessoas que conseguimos conhecer, suas empresas. São pessoas que tem um nome muito forte no mercado, credibilidade, em cada um de seus seguimentos. Buscamos as pessoas certas, com grande amparo jurídico, acredito que esse seja o diferencial."

CONSTRUÇÃO DO NOVO ESTÁDIO

"A parceria hoje é para gerir o clube Hercílio Luz. A construção continua com todos os recursos que temos para fazer, no mesmo ritmo. Será tocada pela associação. A empresa tem interesse de nos apoiar e ajudar na construção do novo estádio."

GARANTIAS CONTRATUAIS

"O contrato passou durante dois meses pelo jurídico de ambas as partes. Foi e voltou. Temos várias cláusulas protetivas para os dois lados. A negociação deve ser boa parte as duas partes. Conseguimos buscar o máximo de segurança para o clube através do contrato que foi feito. O principal de tudo não é nem o contrato, mas o que nos dá mais segurança são as pessoas com que negociamos."

QUESTÃO FINANCEIRA: PERCENTUAIS

"O clube terá uma participação em cima dos resultados com um percentual que já foi definido em clube. Esse percentual foi estabelecido para trabalhar dentro de todas as operações do clube. Tem alguns casos específicos que esse percentual muda".

Caio Maximiano
× Fale com o Infosul