Jaguaruna: corrosão de barras de proteção da Ponte do Camacho inspira cuidados aos banhistas

Foto: Portal Infosul

Inaugurada em 2009, a ponte sobre a barra do Camacho, em Jaguaruna, chama a atenção dos veranistas nesta alta temporada. Ao menos 20 barras de proteção, de uma das laterais da estrutura, estão totalmente danificadas devido a ação do tempo.

Altair Simon, 46, costuma passar o verão na região. Segundo ele, a ponte oferece riscos para quem costuma transitar por ali. “Tenho duas meninas e criança é assim, encostam em tudo. Na semana passada uma delas encostou no que sobrou do ferro e eu tirei a mão dela bem rápido. Além de poder cortar a ‘mãozinha’ dela, ela poderia ter caído da ponte também. A gente tem que ter atenção redobrada”, conta.

A corrosão é um desgaste gradual de um corpo qualquer que sofre transformação química e/ou física, proveniente de uma interação com o meio ambiente. Neste caso, as barras de ferro sofrem o desgaste devido a maresia do local.

Por se tratar de uma Rodovia Estadual, a manutenção da ponte que liga os municípios de Jaguaruna e Laguna não é de responsabilidade municipal, mas sim do estadual.

Ao Portal Infosul, a assessoria de imprensa da Secretária de Estado da Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina disse que não há nenhum projeto de manutenção para a ponte, no entanto, enviará uma equipe de técnicos até o local para que seja averiguada a situação. Após a análise – que deve ser realizada pela coordenadoria regional – a secretaria deve providenciar a manutenção.