Jovens são alvejados durante encontro em cemitério para fumar maconha

Foto: Reprodução

A Polícia Militar atendeu na tarde deste sábado, 09, uma ocorrência de disparo de arma de fogo no cemitério do bairro São Martinho, em Tubarão. Ao chegar no local, os agentes avistaram um homem no final do cemitério. O homem "barbudo" tentou fugir entre os túmulos após os policiais solicitarem que o mesmo ficasse parado, mas foi pego em seguida.

No mesmo local onde o homem foi avistado, um outro estava sentado no chão - ferido - atingido por um disparo de arma de fogo no joelho esquerdo. Consciente, o rapaz não comentou sobre a autoria do disparo, apenas afirmou que teria ido ao cemitério para "fumar um baseado". Ele foi encaminhado para o hospital para atendimento.

Ao sair do cemitério, os agentes policiais pararam um carro onde estavam outros dois jovens. Eles afirmaram que estavam chegando no local também para usar drogas.

Todos os envolvidos eram maiores de idade, mas foram liberados pois não foi possível confirmar a autoria do fato. Drogas para uso pessoal foram apreendidas.

Os policiais, então, se deslocaram até o hospital para colher depoimento do envolvido baleado. Lá, os agentes descobriram que um outro rapaz estava sendo atendido por também ter sido alvejado. Ambos tinham relação, visto que este segundo foi baleado na mão e o tiro teria atravessado e pego no joelho do colega, onde o projétil ficou alojado.

O disparo, segundo depoimento da segunda vítima, que também estava usando drogas, foi efetuado por um homem alto que estava de capacete preto com branco, camiseta escura e bermuda laranja com branco. Ele ainda não foi localizado.

Um boletim de ocorrências foi lavrado.