Marcele Bressane: Campeonato Nacional do COVID

Foto: reprodução

Ontem foi um dia muito feliz por aqui: voltei a jogar vôlei. Sempre amei o jogo e voltar para a quadra foi maravilhoso! Pegar na bola, suar, me jogar no chão. Para mim, o vôlei é uma memória afetiva muito grande, pois joguei na minha adolescência. Uma época que não tínhamos boleto e preocupações do que temos que fazer para o almoço. Uma excelente época! Mas também me fez ficar muito reflexiva, pois pensei muito nesta época que estamos vivendo, de tudo que está acontecendo.

Mas como assim, Marcele? Calma lá, vou te explicar.

No vôlei há conceitos básicos: toque, manchete. Conceitos que quando irás começar a jogar vôlei tem que treinar para saber. Igual nesta quarentena. Todos sabem os conceitos básicos: usar máscara, colocar álcool em gel, distanciamento. Conceitos que treinamos e precisamos já estar na ponta da língua. Mas por que será que é tão difícil as pessoas fazerem estes conceitos básicos? Porque é desconfortável! A manchete para você conseguir, é necessário que sua mão faça um movimento que ela não está acostumada a fazer e desta forma dói, machuca. Tanto que meus braços estão vermelhos, após tantas manchetes no dia de ontem. Igual usar máscara, é ruim, chato! Não estamos acostumados a usar e desta forma, abafa. Machuca nossas orelhas, as deixa vermelhas. Usar tanto álcool em gel, deixa nossa pele irritada. É desconfortável e dói fazer manchete e usar máscara. Mas são conceitos básicos e se vamos jogar o jogo da quarentena é necessário que façamos, pelo menos, o básico.

Outra regra do vôlei: é o jogo em equipe! Você não conseguirá jogar vôlei sozinho. E é igual na quarentena, não há jogo se estiveres só. É necessário formarmos uma sociedade, que cuide do outro. Não podemos jogar uma bola errada e querer que o outro pegue. Precisamos ter empatia e cuidado, aprendermos a ser um time. Ajudar quem mais precisa, que seja com cesta básica, dinheiro ou um sorriso acreditando que tudo dará certo.

No vôlei também é necessário que tenhamos um líder, um técnico e escutar e seguir suas ordens para ganhar o jogo. Hoje, nossos líderes são os médicos, os cientistas. Pessoas que vivem sua vida estudando vírus, saúde. É neles que precisamos escutar e fazer o que é pedido. Eles são nossos técnicos! O problema é quando você começa a escutar mais de um técnico, ai o jogo não tem uma regra só e acaba ocorrendo conflitos. O mesmo que ocorre nesta quarentena.

O jogo do coronavírus começou em março deste ano no Brasil e já perdemos muito! Perdemos vidas, saúde mental. Não dá mais para continuarmos perdendo. Sendo assim, peço que aprendamos mais com o vôlei. Antes de tudo, aprenda a dar uma boa manchete, sem ela nada funciona. Aprenda que seu time é o mais importante de tudo e que sozinho, você não ganhará e escute seu técnico, ele está lá porque estudou muito.

Que logo consigamos vencer este jogo e aprender para os próximos.