Marcele Bressane: Conseguimos dar conta de tudo?

Foto: reprodução

Sim, você consegue. Consegue ir para academia, ler milhares de livros, sair, se divertir (depois da pandemia, óbvio), fazer vários cursos, mas não terás sua saúde mental, não descansarás e estarás sempre cansado. Pode ser? O dia tem 24 horas, isso não conseguimos mudar, então quanto mais coisas você coloca nele, menos tempo sobra para descansar. É matemática, é fazer as somas. E acho essencial, você fazer a sua escolha. Mas quando o cansaço bater, o stress aparecer, não podemos reclamar, pois fizemos nossa escolha.

E para fazermos essa escolha, quero que penses o que é o seu tudo. O que significa fazer tudo para você? O tudo é o lado pessoal, profissional? Que aí é necessário escolher. Não tem como fazermos tudo do lado profissional, arrasarmos no lado pessoal e ainda ter tempo para fazer o skin care a noite. Novamente, é 24 horas! Escolha um tudo. E nesse tudo que vamos trabalhar para construir. Quero ser a melhor profissional da minha área. Ok, esse é o seu tudo, e você dará conta desse tudo, mesmo cansando, mesmo largando algumas vezes as festas com seus amigos. Já se o seu tudo foi família. Maravilhoso! Mas saibas que tirarás um tempo precioso da sua profissão. O tudo para realmente se dar conta é necessário que haja algumas trocas e perdas. Ah, Marcele, mas quero o tudo do tudo: melhor mãe do ano, melhor profissional e melhor corpo. Sem problemas, só não irás dormir nunca. Ou seja, não vais conseguir ainda o tudo. Não tem como ter o tudo tudo, sem perder algo.

Aí vem a questão da priorização. De parar e perceber o que é o seu tudo. Qual é o tudo que você não vive sem. E cuidar dele. Obvio, que sem esquecer os outros. Mas tendo uma prioridade mais com um. Eu, por exemplo, amo minha profissão, gasto meu tempo, gasto meu dinheiro. Mas não é meu tudo. Meu tudo é eu mesma. Amo ler, amo fazer exercício e meditação. E se precisar tirar um tempo da minha profissão para isso, eu vou tirar. Vou tirar pois tenho a consciência que darei conta de tudo que me faça bem, pois é essa a prioridade. Se você faz ao contrário, fico imensamente feliz. Mas quando saberes a sua prioridade, cuide dela. Cuide para nunca a largar. Nunca a abandone.

E seja feliz! Não vou mentir que às vezes quero dar mais conta da minha profissão e quando começo a me cobrar e tirar o tempo para o meu tudo, o stress começa a aparecer, o sono já me acompanha o dia todo. Ou seja, é meu corpo mostrando que não estou fazendo a minha prioridade. Saiba escutar o que seu corpo está falando e onde está a sua felicidade. Para aí sim, gastarmos mais tempo no que nos deixa feliz, e quando gastarmos com as outras coisas, não ter problema, pois no final do dia você soube que fizesse de tudo para o seu tudo ser a sua prioridade.