Marcele Bressane: Stress mental

Foto: reprodução

Você anda cansado? Mesmo que durma muito você continua cansado? Sem foco? Estressado por qualquer coisa? Com falta de memória? Sem ânimo?

Tudo isso parece depressão e se você está sentindo tudo isso, deve já estar desesperado, procurando no google sobre como tratar depressão, e até pode ser, mas vamos com calma. E parece estar sozinho nisso, aumentando ainda mais o desespero. Você liga as redes sociais e está lá várias pessoas vivendo a vida, como se o ânimo estivesse todo com elas, menos com você. E você se cobra a levantar, a trabalhar e estudar. Mas só o frustra mais, porque não consegue desempenhar o quanto gostarias de fazer. E vira um ciclo sem fim. Se reconhece? Se sim, possivelmente você está passando por um stress mental. Sua cabecinha está tão exausta gastando energia para viver, que não sobra para mais nada, além disso.

Não se ache fraco, viver está difícil mesmo. A pandemia retirou de nós, familiares, liberdade, amigos. A crise econômica nos tirou o sono, a comida da mesa. A crise política nos tirou o sossego. Só estamos perdendo à pelo menos um ano e meio. E no meio disso tudo, você teve que continuar respirando, seu coração batendo, seu pulmão oxigenando. Seu corpo não pode parar, mesmo que não tinhas mais força. é muita energia nisso tudo. Pensa só, quando você está dormindo, sua cabeça não para. Viva os ansiosos de plantão.

Estamos a meses pirando, com medo, com pavor de tudo. E chegamos no limite. E mesmo assim, não estamos conseguindo respeitar esse limite e o nosso corpo, porque ainda estamos cobrando mais e mais dele. É justo? Com seu corpo e com você?

Meus amores, aprendam a respirar, a dormir mais e ver filmes e séries sem achar que é o fim do mundo. Aprendam a relaxar e curtir um momento de paz. seu corpo agradece esse presente. Comece o alimentar com paciência e calma, e aí sim, ele vai te devolver energias para outras atividades da sua vida, que não seja só sobreviver diariamente.

É como se fosse uma troca. A gente dá para nosso cérebro um descanso e ele nos devolve com energia para fazer nossas atividades diárias. Eu, por exemplo, todo dia vou para academia, leio e me divirto fazendo algo que gosto. Assim, consigo fazer minhas atividades com mais gosto, mais vontade. Mas antes tive que descansar. Vejo que nos dias que não dou o que meu corpo precisa, ele cobra caro. Cobra não me dando energias, disposição para atividades normais do dia a dia, como trabalho e estudos.

Estamos exaustos e com razão. Passamos por muita coisa e ainda estamos passando. Tenha paciência e não se compare, cada um viveu algo nessa pandemia e terá suas consequências individuais. Assim, foque em você e no que você precisa nesse momento e tente ao máximo fazer isso, se não der nesse minuto, faça depois, mas não deixe de fazer. Se não priorizarmos nosso próprio corpo e bem-estar, o que vamos priorizar?

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs