Moradores de Imaruí estão sofrendo com falta d’água

Foto: reprodução

Os moradores de Imaruí estão, mais uma vez, sofrendo com a falta d’água no município, principalmente os que moram em regiões mais altas. O problema é tão antigo que em maio do ano passado (2019), a Promotoria de Justiça local ajuizou uma audiência pública para discutir o fornecimento e a qualidade da água na cidade.

Vários moradores relataram à redação do Portal que estão sem água há mais de dez dias. Alguns, inclusive, sem o mínimo para realizar a higiene básica diária. Em entrevista ao jornalista Pedro Garcia, da NSCTV, a Samae, empresa responsável pelo fornecimento de água na cidade, disse que tem um contrato ativo com uma empresa de caminhão pipa pela falta de água recorrente no município, e que o trabalho de abastecimento nas comunidades está sendo feito todos os dias.

O principal motivo da falta de água na região é porque Imaruí tem apenas uma represa para abastecer toda a cidade, e como não há chuva, o nível de água na represa está baixo.

Determinação Judicial

Como já citado na reportagem, o problema de falta d’água em Imaruí é bastante recorrente. Por essa razão, o juízo da comarca local determinou que uma multa aplicada ao município e também à Samae, em 2016, no valor de R$ 120 mil, pelo descumprimento de decisão liminar por desabastecimento de água na cidade, seja direcionada ao Fundo de Saúde Municipal para investimento em um plano de ação no combate ao novo coronavírus.

O montante estava bloqueado e deverá ser destinado – exclusivamente – a compra de materiais e equipamentos médicos necessários para o enfrentamento da pandemia de COVID-19.