Morre o empresário Djalma Marcelino, vítima do novo coronavírus

Foto: reprodução

O empresário de Braço do Norte, Djalma Marcelino, 43 anos, faleceu neste sábado, 27, vítima do novo coronavírus. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição, respirando através de aparelhos, desde o dia 23 de maio.

A informação foi confirmada pela família do empresário. Além da obesidade, Djalma não apresentava qualquer outra doença pré-existente como, diabetes, hipertensão, problemas cardíacos ou renais, segundo a família.

Braço do Norte tem, agora, três óbitos confirmados em decorrência da Covid-19. Desde o início da pandemia 1.210 exames já foram realizados, sendo que 911 deles foram descartados e 233 confirmados. De acordo com o boletim informativo municipal deste sábado, 175 pacientes positivados para o vírus já estão recuperados. Pelo menos 46 estão em monitoramento, 56 doentes, e 66 considerados suspeitos.