Na Itália, ‘Dois Mundos e Uma Rosa para Anita’ segue a todo vapor

Foto: Divulgação/Ascom CulturAnita

Na última semana, as autoridades, prefeitos, e funcionários italianos envolvidos na condução do projeto Dois Mundos e uma Rosa para Anita, apresentaram ao Conselho Regional da Emilia Romagna (equivalente à assembleia legislativa no Brasil), as fotos e matérias jornalísticas que foram publicadas no Brasil, por ocasião da visita da delegação italiana, ocorrida em julho às cidades catarinenses de Laguna, Tubarão, Imbituba, Anita Garibaldi, Curitibanos e Lages que aderiram ao projeto.

A apresentação foi coordenada por Andrea Antonioli, diretor do Museu e da Biblioteca Renzi, pelo Dr. Giampaolo Grilli e pelo Professor Alessandro Ricci do Instituto Técnico Garibaldi-Da Vinci, de Cesena, autores do projeto. Eles apresentaram ainda os diplomas outorgados pela Alesc, e outros presentes recebidos durante a visita ao Brasil.

O encontro tratou ainda do programa e roteiro que será cumprido pelos prefeitos e autoridades de Santa Catarina, que em abril de 2020 vão retribuir a visita e celebrarem acordos e convênios visando a realização de eventos comemorativos ao Bicentenário de Anita, em 2021 no Brasil, na Itália e em San Marino.

O objetivo das autoridades italianas é propor às cidades brasileiras vinculadas ao projeto, a criação de convênios turísticos e culturais, bem como a cooperação dos municípios relacionados à história e a saga de Anita Garibaldi.  No próximo encontro internacional, que acontecerá em abril, a comitiva brasileira deverá participar do plantio da Rosa de Anita nas cidades de Poggio Torriana, Cesenatico e Dovadola.