Passarela Ângelo Zabot: secretário cobra agilidade na instalação de piso especial

Foto: divulgação/PMT

A passarela de concreto Ângelo Zabot, em frente à Unisul, ainda não está finalizada. Isso porque, desde que foi entregue ao município, no dia 30 de julho, a empresa Araújo Construções, responsável pela construção da travessia, garantiu a instalação de piso podotátil na parte central da passarela.

Um mês após a liberação da passagem, o secretário municipal de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento, Marcone Joaquim, disse que entrou em contato com a empresa Araújo Construções, com objetivo de entender a razão da não instalação do piso até o momento.

Em matéria divulgada pelo município, Marcone explicou que a empresa que executou a passarela tem tido dificuldades em receber o material (piso) da empresa fornecedora, localizada em São Paulo. No entanto, o secretário garantiu que o impasse será resolvido nos próximos dias.

O piso podotátil é de material emborrachado e servirá para orientação de deficientes visuais, na área de contemplação da passarela, onde a estrutura se alarga. Nesse local, as muretas de proteção, que também servem como guia aos deficientes visuais, deixam de demarcar uma linha reta, onde serão substituídas pelo piso especial, até o ponto em que a estrutura volta a ter a largura inicial.