Patrícia Pozza: Emoções positivas

infosul
Foto: reprodução

Ao considerar o momento atual com tamanha complexificação e interdependência em todos os campos da vida, pesquisadores modernos são enfáticos ao afirmar que, do cultivo das emoções positivas dependerá a própria sobrevivência da espécie humana.

Do latim emotĭo, a emoção é uma alteração do ânimo, podendo ser agradável ou desagradável e que representa um modo de adaptação do organismo físico e mental às mudanças.

Emoções como a alegria, o otimismo e, a esperança, são classificadas como positivas por terem como resultado o fortalecimento dos recursos intelectuais e físicos quando uma oportunidade ou uma ameaça se apresenta na vida da pessoa.

No ano de 2000, a psicóloga e pesquisadora americana, Barbara Fredrickson, da Universidade de Michigan, recebeu um prêmio por seu trabalho acerca da função das emoções positivas. Por meio de seu estudo, se descobriu que estas possuem uma finalidade muito maior do que promover o bem-estar. Este estudo mostrou também que o cultivo das emoções positivas promove uma disposição mental expansiva, tolerante e criativa, deixando as pessoas abertas à novas ideias e experiências.

Sentimentos considerados universalmente positivos como a satisfação em viver e o bom humor, foram comprovadamente capazes de ampliar e relaxar capacidades cognitivas como a do pensamento, o que resulta em potencialidades como a flexibilidade, a criatividade e tantas outras habilidades importantes inclusive para o desempenho nas atividades de trabalho e estudo, dentre as emoções positivas a serem cultivadas ou desenvolvidas estão:

O interesse no autodesenvolvimento;

A disposição à saúde física e mental;

Habilidades para lidar com dificuldades e problemas;

A estruturação relacionamentos e interações sociais;

O desenvolvimento de várias estratégias mentais;

A capacidade de aceitar o novo;

A propensão a nutrir mais esperança, visão do todo e, foco no futuro.

Por fim, é importante lembrar que as emoções positivas podem ser aprendidas por qualquer pessoa e, a qualquer momento de sua vida.

Esse texto é de responsabilidade do autor e o espaço neste site é cedido ao mesmo. O Infosul não se responsabiliza pelas informações contidas aqui. Sugestões, críticas ou elogios podem ser enviados para o e-mail: redacao@portalinfosul.com.br.

 

 

× Fale com o Infosul