Polícia Ambiental apreende mais de 200 quilos de pescados sem origem

Foto: divulgação/PMA

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Laguna apreendeu, nesta quarta-feira, 19, mais de 200 quilos de pescados sem origem identificada no município de Imaruí. A operação teve o apoio da Cidasc. Segundo informativo da PMA, além de camarão, os agentes também encontraram lulas e anchovas.

Em apreensões deste tipo é comum que os pescados sejam doados à instituições sem fins lucrativos, no entanto, ao verificar as condições de armazenamento da empresa irregular, a Cidasc não permitiu que isso ocorresse dessa vez. Desta forma, os frutos do mar foram encaminhados para uma empresa especializada para ser transformado em ração.

Por comercializar pescados com origem duvidosa, a empresa fiscalizada pode ter que pagar uma multa de até R$ 100 mil. De acordo com a PMA, transportar, conservar, descaracterizar, industrializar ou comercializar pescados ou produtos originados da pesca, sem comprovante de origem ou autorização do órgão competente é crime.