Polícia Civil cumpre mandados em Pescaria Brava em decorrência de fraude contra Celesc

Foto: Polícia Civil/SC

Foi deflagrada no início da manhã desta quinta-feira, 05, uma operação da Polícia Civil - Zero Grau - em cidades do estado de Santa Catarina. O objetivo da operação foi cumprir 21 mandados de busca e apreensão e sequestro de 49 veículos contra servidores e empresários indiciados por fraude contra as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

O município de Pescaria Brava está entre as cidades onde ordens judiciais estão sendo cumpridas. Três veículos foram apreendidos pela polícia, no bairro KM 37. A suspeita é que as fraudes foram feitas à época por servidores da estatal em conjunto com empresários.

A Polícia Civil disse que a investigação detectou que a diretoria técnica da Celesc na época, com base em eventos emergenciais, como vendavais e tempestades, que aconteceram em 2010, aprovou a realização de serviços nas regionais de Florianópolis, Joinville, Rio do Sul e Criciúma pela Divisão de Infraestrutura de Telecomunicações (DVIT), responsável pela parte de infraestrutura física de telecomunicações, repetidoras, torres, postes, fibra óptica, além dos telefones corporativos, fixo e móvel.

O prejuízo identificado pela investigação foi de R$ 3.316.352,83 em valores da época. Mas é possível que esse valor tenha ultrapassado R$ 10 milhões, valor de notas fiscais não reconhecidas pela própria companhia energética.

Colaboração: Portal Agora Laguna