Política: articulações e mais articulações

infosul
Foto: reprodução

Mesa Diretora
Passadas às eleições, agora, os vereadores eleitos discutem a eleição da nova mesa diretora da casa legislativa tubaronense. Há quem diga que o novo presidente será Gelson Bento, do PP. No entanto, comenta-se também que o PSD almeja a cadeira ocupada hoje por Jairo Cascaes. Uma coisa é certa: a mesa terá um líder de base. Por mais que a oposição tente, os aliados do governo são maioria na casa.

Liderança de Governo
Especula-se que os eleitos Nilton de Campos (PSD) e Maurício da Silva (PP) deixarão a Câmara de Vereadores para atuar no primeiro escalão do Executivo. Gelson Bento (PP), por sua vez, como já citado acima, deverá ser o novo presidente da casa. Desta forma, deixará de ser líder de governo.

Quem será o novo representante do Executivo dentro do Legislativo? Essa é a pergunta que ainda paira. Dois nomes eram cotados antes do dia 15 de novembro: Alexandre Moraes (PSD) e Douglas Antunes (PSD). Ambos não conseguiram a reeleição.

José Luiz Tancredo (MDB), principal nome de oposição atualmente e o único da sigla que permanecerá entre os pares, deverá continuar ‘firme e forte’, cumprindo o seu papel. Com experiência e boa oratória, não será qualquer um que conseguirá “calar” o emedebista. Além disso, deve conquistar novos nomes para fortalecer a oposição.

Eleições de 2022
Sim, política tem sido um assunto corriqueiro e, ao que parece, deixou de ser chato na opinião popular. Por essa razão também, os partidos de Tubarão já discutem possíveis nomes para trabalhar a imagem e, consequentemente, lançar em 2022. À Assembleia Legislativa sete nomes são cotados; já à Câmara Federal, outros cinco.

Dois nomes já despontam na cidade azul para 2022
Dois desses nomes já são bem conhecidos e cotados para uma vaga na Alesc: Pepê Collaço e Luciano Menezes. O primeiro tem articulado e fortalecido – muito – a base do partido, prova disso foi o excelente resultado do PP na Amurel. Luciano, além de ser um case de sucesso do empreendedorismo, tem uma boa relação com o governador afastado Carlos Moisés (que deve retornar ao governo ainda neste ano) e quase pleiteou a prefeitura tubaronense neste ano. É importante que esses nomes não menosprezem a inteligência de seus possíveis eleitores. O trabalho para a eleição de 2022 deve começar já. Esse “lance” de se aproximar do eleitor somente em ano de eleição parece não colar mais. Prova disso: 15 de novembro de 2020.

Partidos que também devem apresentar candidatos em 2022
Alguns outros nomes da Cidade Azul são especulados para o pleito de 2022. São eles: Dionísio de Quadros (CIDADANIA), Dr. Cristiano (MDB), Edson Firmino (PSC), Jó (PSC), Lu Tokarkski (PRB), Matheus Madeira (PT), Paulão (PT), Soratinho (PL) e Tancredo (MDB). Claro, tem um bom caminho para se percorrer até lá. A maioria sabe que não tem chances, mas é uma boa oportunidade para “aparecer” e pegar embalo para 2024.

Dizem por ai...
Que muro na política é que nem biruta de aeroporto, será...
Que a oposição se movimenta para ter pelo menos um ano de presidência no legislativo, será...
Que um grupo de suplentes já conversam para se unirem em um novo partido, será...
Que tem ex-candidato que ainda não entendeu o recado das urnas, será...
Que tem partido que precisa fazer urgente uma reciclagem, será...

× Fale com o Infosul