Por falta de quórum na câmara, prefeito de Laguna fica impedido de tirar férias

infosul
Foto: reprodução

O prefeito de Laguna, Mauro Candemil (MDB) não teve o seu pedido de férias atendido pela Câmara de Vereadores do município. Desta forma, o chefe do executivo deve continuar em suas atribuições. De acordo com a Lei Orgânica Municipal (LOM), o pedido de licenciamento do prefeito deve ser autorizado pelo Poder Legislativo.

No entanto, em audiência marcada para a manhã desta quinta-feira, 23, não houve quórum para a discussão. Eram necessários, pelo menos, sete vereadores. Mauro pediu 14 dias de licença.

A sessão foi aberta às 10h, mas foi suspensa por 15 minutos por falta de quórum. Ainda assim, quando a sessão foi retomada, o número de vereadores presentes ainda não era suficiente. Então, a reunião foi encerrada.

Somente estiveram presentes os vereadores Adilson Paulinio (PSD), Cleosmar Fernandes (MDB), Nadia Tasso Lima (MDB), Peterson Crippa da Silva (PP) e Roomening Souza Rodrigues (PSDB).

× Fale com o Infosul