Profissionais da Educação serão imunizados contra a Covid-19

infosul
Foto: reprodução

O Estado de Santa Catarina estuda incluir os profissionais da educação no próximo grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. A estimativa é que 195 mil professores e demais profissionais das instituições de ensino Básico e Superior poderão ser imunizados.

“Nós entendemos a necessidade e a importância da inclusão dos educadores no programa de imunização para que tenhamos ainda mais segurança. Nossos professores estão em sala de aula desde o dia 18 de fevereiro, diferente até de outros estados”, defende o governador Carlos Moisés.

Para o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, alguns critérios deverão ser seguidos para a inclusão, como por exemplo, dar preferência aos profissionais que atuam com crianças, que têm maior dificuldade de seguir os regramentos sanitários. 

O início da imunização depende do número de vacinas que devem chegar a Santa Catarina nos próximos dias. Para a imunização dos profissionais da Educação Infantil, serão necessárias cerca de 35 mil doses, na soma entre os que atuam em creches e na pré-escola. Para os momentos em que a quantidade de doses disponíveis for menor que a necessária, a Secretaria de Educação prevê a possibilidade de subdivisão dos grupos por idade.

CRITÉRIOS DO PLANO DE VACINAÇÃO

1º grupo - Profissionais que atuam no atendimento presencial

  • - Educação Infantil (professores e auxiliares);
  • - Educação Especial;
  • - Equipe técnica, administrativa e pedagógica (gestão, limpeza, alimentação, orientadores de convivência);
  • - Ensino Fundamental (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);
  • - Ensino Médio (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);
  • - Ensino Superior.

2º grupo - Profissionais que atuam em Atividade Remota
(A ordem seguirá as etapas de ensino da vacinação do 1º grupo)

  • - Profissionais que são do Grupo de Risco para a Covid;
  • - Profissionais que atuam em atividade remota, EAD ou similares.
× Fale com o Infosul