Promessa hondurenha chega ao Tubarão por empréstimo

Foto: Real España | Divulgação

Com a Série B em andamento, o Tubarão segue trazendo reforços para buscar o acesso à elite do futebol catarinense. Depois de acertar com o goleiro Mártin Becker, ex-Metropolitano, a diretoria tricolor deve apostar em um mercado alternativo para a captação de jovens jogadores por um valor consideravelmente mais baixo. A primeira aposta do Tubarão neste novo modelo de negócio é uma jovem promessa do futebol de Honduras, país localizado na América Central.

Alejandro Burgos, de 18 anos, deixou a cidade de San Pedro neste domingo rumo à Tubarão (6.440km) para se juntar ao grupo comandado pelo técnico Isaque Pereira. Volante de 1.78m, Burgos passou pelo sub-15 e sub-17 do Real España e desde setembro pertence à GSM Sport Club, uma academia de futebol fundada recentemente em Honduras pela Garcia Sports Management, agência de jogadores. O hondurenho chega ao Domingos Gonzalez por empréstimo de um ano com opção de compra. A estreia do atleta irá depender — além de sua adaptação — da regularização no BID da CBF.

Imagem
Alejandro Burgos (esquerda) e o representante Enrique Amador. O hondurenho viajou neste domingo para o Brasil. Foto: Divulgação.

A negociação foi conduzida pelo representante Enrique Amador, ex-jogador hondurenho que acumulou passagens pelas categorias de base de Chapecoense e Vitória. Amador também atuou por clubes como Leixões (Portugal), Houston Dynamo (EUA) e San Juan (Honduras). O empresário deve viajar ao Brasil em breve.

Burgos é mais um estrangeiro a passar pelo Tubarão

Jogadores estrangeiros no Domingos Gonzalez não são uma novidade. Burgos será mais um gringo a vestir a camisa do Tubarão desde a fundação do clube em 2005. Durante os 16 anos de história, quem se destacou na Vila foi o colombiano Wason Renteria, principal nome da equipe no retorno à elite em 2017 e um dos maiores artilheiros da história do clube. Com 11 gols, ele foi o artilheiro do Catarinense e ajudou o Peixe a garantir a permanência na primeira divisão. Além dele, passaram pelo clube o argentino Robertino Canavesio, os uruguaios Alejandro Corrêa e Ferrón, os brasileiros naturalizados Ronan (Guiné-Equatorial) e Marcílio (Líbano) e o japonês Ren Usami, que atuou pelo sub-20.

Renteria marcou 11 gols em 15 jogos em sua passagem pelo Tubarão. Foto: CA Tubarão