Reconduzido ao governo, Carlos Moisés garante volta do antigo escalão

Carlos Moisés (PSL) falou pela primeira vez em entrevista coletiva após ser absolvido do crime de responsabilidade no caso da compra dos respiradores e retornar ao cargo de governador de Santa Catarina, na tarde desta sexta-feira (7). O Tribunal Especial de Julgamento durou cinco horas, e terminou com seis votos a quatro a favor do político.

Na Casa d’Agronômica, Moisés abriu a coletiva com uma mensagem ao povo catarinense.

“Hoje é um dia histórico para Santa Catarina, dia em que um erro foi reparado, e que a verdade foi restabelecida pela segunda vez. Infelizmente o mais prejudicado foi o Estado de Santa Catarina. Nosso Estado que viveu mais este triste episódio que travou o desenvolvimento, retirou oportunidades e ceifou vidas.”, disse.

Em sua fala, o governador garantiu 100% do antigo escalão de volta ao governo, exceção à Secretaria de Estado de Comunicação, que tem novo nome à frente: João Cavallazzi. Em entrevista à NSC TV, o governador afirmou já ter assinado o Diário Oficial do Estado (DOE) com todas as admissões.

“É importante destacar que não vamos conseguir nos afastar totalmente das consequências. Eu faço voz para que para que essa história nunca mais se repita, que seja um aprendizado para todos nós, e para as futuras gerações”, enfatizou Moisés.

“A decisão de hoje do processo de impeachment reitera as conclusões dos órgãos de controle e dos tribunais sobre minha inocência. O que tenho na vida de mais precioso é minha essência. Com meus pais aprendi valores, aprendi a ser honesto, aprendi a ter resiliência.”

Fonte: ND+