Reformado, edifício da União Operária, em Laguna, será entregue na sexta-feira

Foto: reprodução/PML

Em obras desde o ano passado, a sede da Sociedade Recreativa União Operária, em Laguna, deve voltar a funcionar em breve. Na próxima sexta-feira, 31, o prédio será devolvido ao município totalmente reformado. A revitalização teve um investimento superior a R$ 728 mil e foi realizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia do Ministério do Turismo.

Foram realizados diversos serviços na restauração e requalificação completa do edifício, incluindo substituição dos sistemas elétrico e hidráulico, construção de novos sanitários, implantação de uma cobertura metálica no acesso ao prédio e recuperação do telhado. Vale destacar também a instalação de equipamento de prevenção à incêndio e toda a adequação do espaço segundo as normas de acessibilidade universal, garantindo mais segurança e conforto aos usuários.

Construído por volta de 1850, com fins residenciais, o edifício passou a ser a casa da Sociedade Recreativa União Operária ainda em 1910, destinada ao lazer e à educação da população negra de Laguna. Por causa disso, ficou conhecido como o clube dos negros, conforme relata João Batista. “Com o tempo, ele foi perdendo essa condição e a gente procurou receber todas as pessoas e eventos.” O prédio da esquina da Rua Santo Antônio com a Tenente Bessa passou então a sediar tradicionais festas e bailes, peças de teatro e outros espetáculos na cidade, tornando-se, assim, um tradicional ponto de convergência da cultura local.