Rio Tubarão: mamoneiras vão ser removidas e árvores nativas serão replantadas

Foto: divulgação/PMT

As mamoneiras existentes na margem do Rio Tubarão, no trecho entre as pontes Manoel Alves do Santos, no bairro Morrotes, e Orlando Francalacci, no Revoredo, serão removidas nos próximos dias. No lugar delas, será feito o replantio de diversas espécies nativas como o palmito, araticum, bacupari, ingá, guariroba e cerejeira.

O investimento para o trabalho de limpeza será de R$ 354.111,74, e será executado pela empresa Sanitary, vencedora do processo de licitação. A retirada das mamoneiras e também de outras espécies exóticas deve limpar a paisagem do principal cartão-postal da cidade, possibilitando que todos observem o rio pelas laterais.

Além desses serviços, o valor empenhado também contempla o controle dos processos erosivos, medidas de erradicação da rebrota, controle de trepadeiras exóticas e cipós, e a destinação correta de toda a biomassa retirada (galhos, troncos, cipós, raízes).

Estima-se que existam mais de 100 mil mamoneiras ao longo da área urbana às margens do rio central.