Santa Catarina deve receber primeiro lote de respiradores nesta terça-feira

Foto: reprodução

Os primeiros 50 respiradores artificiais comprados pelo governo de Santa Catarina devem chegar em solo brasileiro nesta terça-feira, 12. Segundo a Veigamed, empresa contratada para a importação, os equipamentos embarcaram na manhã desta segunda-feira, 11, no Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, na República Popular da China.

A entrega da encomenda está atrasada. A previsão de embarque dos respiradores era na última sexta-feira, 08, com previsão de chegada no sábado, 09. De acordo com a assessoria de imprensa da Veigamed, os aparelhos estavam em Guangzhou desde o último dia 27 de abril.

O governo de Santa Catarina comprou – sem licitação – 200 exemplares de respiradores artificiais ao custo de R$ 33 milhões, para auxiliar no tratamento de pacientes infectados com a Covid-19. A negociação gerou desconfiança e foi destaque do site The Intercept Brasil – o mesmo que expôs mensagens do ex-ministro Sérgio Moro durante a Vaza Jato – que após uma minuciosa investigação, colocou o Governo do Estado na situação mais delicada desde o início da gestão.

Além de uma investigação criminal, com fraude confirmada no processo de compra, inclusive com indícios de falsificação de documentos, a gestão já teve dois nomes do primeiro escalão exonerados: Helton Zeferino, então secretário de Saúde, e Douglas Borba, secretário da Casa Civil. Ambos pediram demissão do cargo.