Soldado Esmeraldino tem previsão de alta nesta semana, indica boletim médico

Foto: reprodução

Jeferson Esmeraldino, soldado da Polícia Militar de Santa Catarina, atingido por um tiro de fuzil na região do abdômen no último dia 30 de novembro, durante assalto ao Banco do Brasil, em Criciúma, “segue internado em enfermaria, não sedado, e ventilado por meio de traqueostomia” aponta o informe da 6ª Região de Polícia Militar da Cidade do Carvão.

Mesmo que ainda apresente picos febris, o último boletim médico indica que o agente tenha alta hospitalar ainda nesta semana, dependendo dos resultados de exames. “Não houve mais manifestações com crises convulsivas ou outras alterações de gravidade”, diz um trecho do informe.

De acordo com o padrasto do agente, que não teve a identidade revelada, o soldado Esmeraldino tem respondido à fisioterapia. “O fisioterapeuta teve aqui no quarto, manipulou ele, pediu que ele levantasse a perna direita, a esquerda, o pé direito, o esquerdo, e ele fez. Isso me fez ganhar a noite, estou feliz demais”, comemorou.