Tatuagens que redesenham os mamilos buscam elevar a autoestima

infosul
Imagem: Flores de Aço

O Moto Clube Abutres e o grupo de apoio à mulheres diagnosticadas com câncer Flores de Aço, desenvolveram um projeto social para ajudar a recuperar a autoestima das mulheres que foram diagnosticadas com câncer de mama.

Segundo a fundadora do Grupo Flores de Aço, Janaina Pures de Souza, o projeto tem o objetivo de atender gratuitamente mulheres que passaram por uma mastectomia oncológica - quando a aréola e o mamilo da mulher são retirados em decorrência do câncer. "Por muitas vezes, a cirurgia afeta a autoestima das mulheres e algumas passam a sentir vergonha de seu próprio corpo", pontua.

Os tatuadores, todos integrantes do Moto Clube Abrutes, concordam que "a maior recompensa é ver a satisfação das mulheres que passam pela reconstrução".

Pensando em atingir o maior número de mulheres, o projeto acordou que os tatuadores vão até a mulher para realizar a dose de autoestima. E o melhor, sem custo. É importante salientar que o projeto não se limita a região da Amurel, ele abrange todo o estado de Santa Catarina. Mas alguns cuidados devem ser observados: essas mulheres não podem ter tomado sol no local da tatuagem e também não pode ter passado pela cirurgia de mastectomia há pelo menos a 6 meses.

A paciente que deseja participar da ação, deve procurar o clube no telefone (48) 9 9986-9445 e se inscrever através do e-mail projetoautoestima@gmail.com.

 

Informações: Flores de Aço

× Fale com o Infosul