Terceiro decreto mantém setores administrativos da Prefeitura de Imaruí fechados

infosul

Por Joelson Cardoso

Pela terceira vez, o prefeito de Imaruí, Patrick Corrêa (PSL), emitiu um decreto em que fecha as portas da prefeitura e mantém o expediente apenas interno. A decisão é para que a nova gestão possa concluir o levantamento financeiro e administrativo do município e realizar ajustes nas unidades.

Segundo a medida, assinada pelo chefe do executivo na última sexta-feira, 12, por mais duas semanas os trabalhos serão internos nas dependências da Prefeitura Municipal, bem como nas Secretarias. A exceção, mais uma vez, fica por conta da pasta da Educação que segue funcionando normalmente durante todo o dia.

A nova medida vai vigorar entre 15 e 26 de fevereiro. O primeiro decreto foi adotado de 11 até 29 de janeiro, enquanto o segundo valeu entre 1º e 12 de fevereiro. Se não houver nova decisão semelhante, serão seis semanas com a Prefeitura de portas fechadas para “arrumar a casa”.

De acordo com o decreto, os serviços considerados essenciais, como o setor de tributos, protocolo, expedição de nota do produtor, carteira de identidade, carteira de trabalho e junta militar também estarão prestando atendimento normal ao público das 8h às 13h.

× Fale com o Infosul