Torcedores tubaronenses fazem superstições em dia de semifinal brasileira na Libertadores

Foto: arquivo pessoal

Chega Copa do Mundo 2022 mas não chega 21h30min desta quarta-feira. Se você é torcedor do Flamengo ou do Grêmio, confesse que esse é o sentimento de hoje. Os dois clubes entram em campo para disputar a segunda partida da semifinal da Libertadores. Equipes de grande expressão no quesito futebol, tem torcedores espalhados por todo lado. Aqui em Tubarão não é nem um pouco difícil de encontrá-los. E nesse clima de decisão, vale se agarrar no que puderem para ajudar a equipe a ser vitoriosa.

O administrador Fábio Westrup, de 45 anos, torcedor fanático do mengão, tem todo um ritual em dia de jogos e ai de quem não respeitar! “Eu não assisto com ninguém que não seja torcedor do Flamengo e ainda assim, se for torcedor e começar a cornetear, entra na minha lista negra”, conta com bom humor. O flamenguista prefere assistir os jogos praticamente sozinho, quem geralmente lhe faz companhia é o filho Arthur - o nome é uma homenagem a um dos maiores jogadores da história do Flamengo, Arthur Antunes Coimbra, mais conhecido como Zico. Quando questionado se está nervoso para o confronto de hoje, ele responde que a palavra que lhe define é ansioso, para que o confronto inicie logo.

No último final de semana Fábio esteve no Maracanã assistindo o clássico Fla x Flu (esperamos que ele não seja o torcedor do Flamengo que relatou estar escondido aguardando a semifinal!). A viagem rendeu fotos com a taça que o campeão da Libertadores irá receber, disponível em um shopping do Rio de Janeiro.

Do outro lado do campo e defendendo a camisa tricolor, o jornalista José Henrique de Souza. Em seu currículo encontramos a experiência de jogador do Grêmio! Isso aconteceu entre seus 10 e 17 anos de idade. José Henrique conta que teve como colegas no gramado Renato Gaúcho na categoria juvenil. Hoje, aos 55 anos, continua apaixonado pelo clube.

Assim como o Fábio, o jornalista prefere acompanhar os jogos sozinho. “Quando o time adversário ataca gosto de trocar de canal, gritar e extravasar meu sentimento pelo Grêmio. Aliás, não existe outro gremista mais fanático do que eu”, afirma. Em dia de jogos, sendo importantes ou não, José Henrique usa a mesma camiseta: a do Imortal Tricolor.

No próximo domingo, 27, estará na Arena Grêmio acompanhando Grêmio x Botafogo, partida válida pelo Campeonato Brasileiro série A. “Vou levar minha neta Alice de 8 anos, que entrará no gramado com os jogadores. Momento inesquecível para ela e para o vovô”, comenta o jornalista.

O jogo

Flamengo e Grêmio vão a campo na noite desta quarta-feira (23), às 21h30 para decidir quem encara o River Plate na final da Libertadores 2019. Pela primeira vez o torneio será decidido em confronto único, no dia 23 de novembro.

Após empate por 1 x 1 em Porto Alegre, os rubro-negros tem a vantagem de um empate sem gols. Um novo 1 x 1 leva o confronto para os pênaltis. Qualquer outro empate dá a classificação aos gaúchos. Além disso, obviamente, quem vencer avança, independentemente da diferença de gols.

Palpites para o jogo

Fábio Westrup
Flamengo 2 x 0 Grêmio

José Henrique de Souza
Flamengo 1 x 2 Grêmio