Tubarão: Campanha contra a Influenza é retomada, mas não em pontos estratégicos

Foto: reprodução

O município de Tubarão recebeu novas doses da vacina contra a Influenza, no entanto, restringirá a aplicação do remédio em três grupos: acamados no domicílio e um cuidador do paciente acamado acima de 60 anos; idosos e profissionais de saúde das instituições de longa permanência; e parte dos profissionais de saúde da área hospitalar. Isso porque o número de doses recebidas ainda não é suficiente para todo o grupo alvo desta primeira etapa da Campanha.

“Como é um número bem reduzido, as ações de vacinação nos pontos estratégicos estão suspensas até que tenhamos um quantitativo mínimo para retornamos”, esclarece a enfermeira da Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde, Shaiane Salvador.

Na última segunda-feira, 23, o Ministério da Saúde iniciou a Campanha de Vacinação contra a Influenza, mas em vários municípios foi necessário interromper a mobilização no mesmo dia por falta de doses. Tubarão, por exemplo, recebeu pouco mais que 5 mil delas, e teve que interromper a campanha logo após o meio-dia.

O Ministério da Saúde, que é o responsável por enviar as doses, ainda não definiu a quantidade e nem a data da próxima remessa, apenas que será enviado semanalmente. “Tão breve, nós receberemos novas doses de vacinas, com quantidade suficiente para o restante dos grupos de risco, e reabriremos a campanha de vacinação”, informa o diretor-presidente da FMS, Daisson José Trevisol.